O preconceito inicial ao redor das criptomoedas está desaparecendo entre as autoridades estadunidenses. Depois de coletar experiência em crimes associados a esta tecnologia nos últimos anos, o Departamento de Segurança Nacional de Estados Unidos descobriu que os cibercriminosos estão deixando de lado Bitcoin por a facilidade de rastreamento de transações em sua blockchain.

Se bem a primeira criptomoeda está deixando de ser uma opção para encobrir crimes – diminuendo em seu uso para fins ilícitos até um 20% -, agora os criminais migram para outras opções que fornecem maior anonimato, como Monero.  “O que os criminais estão começando a ver, e algumas tendências que temos recolhido também, é que bitcoin atenta bem como em tua contra como a teu favor” explicou um representante do departamento á mídias locais.

Igualmente, entre os criptoativos de maior tração como alternativa de Bitcoin para operações ilegais se encontra Ethereum, a qual apesar de suas características de segurança tampouco é impermeável ao uso indevido, como demostrou recentemente a firma de analises blockchain, Chainalisys.

As autoridades estadunidenses tiveram um ano ocupado em quanto à cibercrimes, que lhe há servido de experiência em detenção de fraudes e crimes relacionados com criptoativos. Apenas mencionar casos recentes, se encontra a detenção de agentes de segurança envolvidos em o caso Silk Road ou o caso de lavagem de dinheiro envolvendo a casa de câmbio russa BTC-e.

Este aprendizagem é um ponto a favor para o sistema de resposta das autoridades para diferenciar ilícitos sem criar preconceitos ao redor das ferramentas financeiras, acrescentou o representante.

Estamos nos tornando muito melhores para rastrear aos criminais com nossas forças da lei e fazendo as casas de câmbio mais transparentes. Acho que bitcoin é muito mais legítima do que as pessoas pensam.

Representante

Departamento de Segurança Interna

O descobrimento da entidade governamental poderia ser o primer passo para superar preconceitos contra Bitcoin. A mudança de paradigma por parte das autoridades promete um impacto maior, ao gerar maior conscientização sobre o funcionamento geral do ecossistema de criptoativos e desmitificar o que num principio fosse uma ameaça, para tornar-se numa ferramenta aliada na luta contra o crime.

 

Traduzido de: CriptoNoticias