Recentemente, se revelou que HBO ofereceu uma “recompensa” de 250.000 dólares ao grupo que hackeou seus servidores e difundiu conteúdo da popular serie de Game of Thones a inicio deste mês, para estender o período de pagamento do resgate original em bitcoins.

A noticia foi relatada pelo jornal The Guardian, onde assinalam que obtiveram uma captura de tela de uma conversação de correio eletrônico da produtora e o grupo de hackers que se fazem chamar “Mr. Smith”.

Aparentemente, na captura da conversa, cuja data é 27 de julho, um dos executivos de HBO oferece aos hackers dita montante. Esta foi espalhada pelos mesmos hackers a vários meios em um intento, talvez, de por em ridículo á produtora ou de pressiona-la para conseguir o dinheiro. The Guardian declarou que não há forma de saber a autenticidade do correio eletrônico; no entanto, foi distribuído através da mesma direção que os atacantes tinham utilizado anteriormente para filtrar o conteúdo roubado de Game of Throne e outras series; enquanto que HBO se negou a comentar ao respeito.

A razão da recompensa (bug bounty) pode ser só, fazer tempo para analisar o verdadeiro alcance da informação roubada, e o executivo, em sua conversa com os atacantes, propõe o oferecimento como uma espécie de “premio” por descobrir a debilidade do sistema e servidores de HBO, enfocando-os como os hackers benevolentes que usualmente provam a seguridade das companhias e são recompensados por encontrar falhas e relatá-las em vez de cobrar por os arquivos ou publicar dados confidenciais. Diz o correio:

Como mostra de boa-fé de nossa parte, estamos dispostos a comprometer-nos a fazer-lhes um pagamento de 250.000 dólares como recompensas por encontrar a falha, tão pronto como possamos estabelecer a conta necessária e adquirir bitcoins.

Executivo

HBO

Convém destacar que o montante proposto por HBO é muito menor ao que pediu o grupo por os 1.5 terabytes de conteúdo e informações roubadas, pois pediam uns 6 milhões de dólares que equivalem aproximadamente a 1.749,17 bitcoins e assinalam que obter esta informação lhes tinha custado 6 meses, por o que exigiam um pagamento “acorde” por elo.

Anteriormente, o grupo de hackers tinha filtrado arquivos de Game of Thrones com os detalhes da vida pessoal dos atores, como seu numero de telefone, correios eletrônicos e um roteiro com o resumo do episodio do domingo, junto a um par de capítulos de outras series de HBO como Ballers e Room 104. Por o que se pode deduzir que estas negociações por parte da produtora fracassaram.

Esta informação liberada por Mr. Smith foi dirigida a um seleto grupo de jornalistas, por meio de winter-leak.com, uma direção web que em este momento não se encontra operando. Igualmente, Mr. Smith afirmava ter acesso aos servidores de correio eletrônico, mas HBO indicou que isto é falso.

No entanto, há ainda por ver o desenlace desta historia. Se resulta ser certo que os hackers têm em seu poder a quantidade mencionada de propriedade intelectual, seguramente haverá mais filtrações se HBO continua recusando-se a pagar o resgate.

Traduzido de: CriptoNoticias