SegWit (Segregates Witness), o protocolo projetado pelo Bitcoin Core para melhorar a escalabilidade da rede Bitcoin, é oficialmente ativo no bloco 481,824 minado pelo BTCC, com um 99,95% de apoio na rede.

ativado-está-Segwit

O Segwit está ativado. Fonte SegWit

A SegWit é uma atualização de software que tem sido desenvolvida durante dois anos pela equipe de Bitcoin Core. Sua implementação oferece soluções de seguridade que evitam ataques de maleabilidade de transações por um terceiro. Mas, principalmente, agora o software que sustenta á rede permitirá que possam incrementar-se o numero de transações por bloco, que atualmente podem chegar a ser ao redor dos 2000 blocos de 1 MB. No entanto, neste primeiro bloco minado com Segwit, só se foram registado no momento 1.866 transações.

Não obstante, muitos na comunidade se perguntam por que uma solução como o SegWit é necessária. A resposta é que nas condições atuais a rede Bitcoin regista uma média de 200.000 transações diárias, alcançando picos acima das 300.000 entre maio e junho deste ano. Mas uma maior base de usuários tem decidido utilizar a blockchain Bitcoin, ao mesmo tempo em que se tem estendido a adoção entre grandes companhias e grupos financeiros. O que equivale a uma maior demanda de transações para o futuro.

Isso quer dizer que, agora com SegWit ativo, o número de transações diárias poderia aumentar. A atualização de SegWit começará a ter valor uma vez que os blocos comecem a preencher-se com mais transações.

SegWit também permitirá utilizar uma série de desenvolvimentos na segunda capa da blockchain, como Lightning Network, que oferece aos usuários utilizar canais de pagamento como uma maneira alternativa de fazer transações de bitcoins, de forma muito mais veloz. Ao estabelecer canais de pagamento alternativos, um mesmo canal poderia utilizar-se para gerar inúmeras transações. Mas outras aplicações, como os contratos inteligentes, também estão na mira.

Provavelmente, o preço de bitcoin continua sendo o fator preponderante na constante adoção do criptoativo, devido a que tem alcançado máximos históricos de apreciação de seu valor. Mas num incremento na capacidade de processar transações e a adaptação que oferece SegWit para resolver vulnerabilidades de segurança também atrairá mais usuários e organizações.

A aceitação das mudanças que propõe SegWit não só esta relacionada com as condições do mercado senão com a possibilidade de expandir as capacidades da rede: ao ser mais leve, graças ás caraterísticas que incorpora SegWit, as transações se fazem mais econômicas mas também poderia encurtar-se os tempos de confirmação ao desaparecer a possível congestão.

Muitos comerciantes aceitam agora bitcoin porque, embora não recebam muitos pagamentos, tampouco apresenta um gasto manter uma carteira. Um mercado em crescimento deveria fornecer um entorno onde ninguém deve esperar ou pagar mais por realizar transações na rede.

No passado 8 de agosto o consenso dos grupos de mineração bloqueou SegWit. Isso quer dizer que uma maioria dos nós da rede já tem aceitado a atualização do software Bitcoin. A ativação do código, no entanto, vem acompanhada de uma serie de medidas em contra de aqueles grupos de mineração que estão preparando-se para incrementar o tamanho dos blocos.

De acordo com os desenvolvedores de Bitcoin Core, qualquer nó que programe blocos de mais de 1 MB será rejeitado pelos nós da blockchain Bitcoin. Isto, em novembro, pode ocasionar a aparição de 3 bitcoins: Bitcoin Cash, Bitcoin Core e Bitcoin SegWit2x. Embora de momento, tudo é celebração.

Em Twitter muitos usuários, utilizando a tag #SegWitParty, se encontram postando suas próprias fotos da celebração. Desde o serviço de carteiras frias Trezor, ademais, tem oferecido o sorteio de três de suas carteiras para um desses usuários, que, basicamente, só tem que celebrar que SegWit tem chegado para ter a oportunidade de ganhar.

 

Traduzido de: CriptoNoticias