Bitcoin é uma tecnologia de Contabilidade distribuída (DLT, por Distributed Ledger Technology) ou Blockchain, na qual cópias dos registros contábeis são distribuídas e validadas por um processo de consenso com múltiplos usuários que verificam independentemente as modificações na contabilidade.

A DLT é um descobrimento recente e inovador que está revolucionando a base da infraestrutura transacional da sociedade, criando uma plataforma que permite intercâmbios e registros seguros, sem a necessidade de intermediários, restituindo desta forma o poder de decisão para os indivíduos. O Sistema de pagamento Bitcoin é a aplicação DTL mais conhecida.

Tecnologia Bitcoin (DLT) é constituída por três partes: criptografia, cadeia de blocos (blockchain) e rede de consenso distribuído (rede p2p). Cada um destes componentes tem um propósito específico:

  • A criptografia fornece um mecanismo para a codificação segura das regras de protocolo no sistema e é utilizado para evitar a manipulação, roubo ou a introdução de informação errónea para a plataforma, assim como para a geração de firmas e identidades digitais criptografadas.
  • A Cadeia de blocos é uma base de dados e distribuídos na que se registram de maneira segura as transações que se realizam na rede.
  • O consenso distribuído é a ação dos participantes da rede verificando e confirmando a certeza e singularidade das transações para gerar uma verdade irrefutável sobre estes na rede peer-to-peer (p2p).

A tecnologia foi concebida por Satoshi Nakamoto, pseudônima que o grupo ou indivíduo que criou á tecnologia assumiu e sob o qual se publicou, no 1eiro de Novembro de 2008, a primeira aplicação desta tecnologia no paper: “Bitcoin: A Peer-to -Peer Electronic Cash System”. O 3 de janeiro de 2009, Satoshi lançou a primeira rede descentralizada com tecnologia Bitcoin e criou nesta primeira criptomoeda com a publicação de seu Bloco Genesis: Bitcoin (BTC). Aos poucos dias depois da sua criação, Nakamoto teria feito a primeira transação com bitcoins na história para enviar 10 BTC ao falecido criptógrafo Hal Finney.

Tempo depois, Nakamoto abandonou o projeto e deixou-o nas mãos de um grupo de desenvolvedores que atualmente é conhecido como Bitcoin Core. Wladimir J. van der Laan, Gavin Andresen, Peter Todd, Jeff Garzik, Gregory Maxwell, Pieter Wuille e Jonas Schnelli são alguns dos desenvolvedores mais proeminentes desta equipe e quem dão a ultima palavra sobre o que se adiciona ou o que se remove do código de Bitcoin, qualquer desenvolvedor pode colaborar com o projeto e propor os seus códigos de melhora através do repositório GitHub.

 

Símbolo-Bitcoin

Símbolo da criptomoeda de bitcoin

A criptomoeda Bitcoin (BTC), por o que mais se conhece na tecnologia, é uma moeda digital descentralizada que se cria, se transfere e armazena de maneira eletrônica e se protege criptográficamente. Poderia dizer-se que é a moeda da internet, o dinheiro digital.

A descentralização do bitcoin se deve a que o controle sobre a emissão (criação) das moedas se exerce através de regras matemáticas que estão programadas no protocolo e que podem ser alteradas, unicamente, pelo processo da rede p2p. Não há nenhum órgão governamental ou financeiro que estabelece o controle sobre a moeda.

A diferença de como acontece com o dinheiro físico ou fiduciário (o euro, o dólar, o yuan, o bolívar, etecetera), as criptomoedas não se imprimem. Os bitcoins, e outras moedas de criptografias são criados por pessoas através de computadores que resolvem certos problemas matemáticos para confirmar as transações que os usuários da rede executam e, portanto, são recompensados nessa moeda, um processo conhecido como mineração de bitcoins.

Para manejar bitcoin, ou qualquer outra criptomoeda, é necessário criar uma carteira digital, uma aplicação em linha para computadores, telefones móveis ou tablets que permite armazenar, enviar e receber moedas digitais.

Comumente se utiliza as seguintes distinções: Bitcoin, com B maiúscula, para referir-se a tecnologia ou a rede, e bitcoin com b minúscula, para referir-se a unidades da moeda.

 

Traduzido de: CriptoNoticias