Em 2018, apesar das tentativas de tornar visível a presença feminina na comunidade de bitcoiner, as mulheres interessadas nesta tecnologia continuam sendo uma minoria considerável. Assim, apenas 9% das pessoas que realizam pesquisas no Google relacionadas com Bitcoin são do gênero feminino.

No mês de abril, por exemplo, Lightning Labs ofereceu uma bolsa de estudos para as mulheres que se especializam em blockchain e em março se realizou o evento Novas Raparigas no bloco, para dar voz ás empreendedoras em tecnologia de criptoativos. Não obstante, as estadísticas seguem sendo muito desfavoráveis para esse grupo demográfico, pelo que se poderia afirmar que o interesse em Bitcoin ainda é um assunto de homens.

internet-mulheres-homens
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

internet-mulheres-homens
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn
Gráfico sobre a procura da palavra Bitcoin no Google de acordo com o gênero do usuário. Fonte: Coindance.

Conforme a Coindance, uma plataforma que se baseia nos dados do Google Analytics para estabelecer os parâmetros do estudo, 91% das pessoas interessadas em Bitcoin são de gênero masculino. Ademais, a maioria deles são considerados Millennials, o grupo etário que compreende aos nascidos entre 1980 e 1999. Assim, o 48,3% são adultos de entre 25 e 34 anos. Um 13% são adultos de 18 a 24 anos e um 8% de 45 a 54 anos. Apenas 3% supera a idade de 55 anos.

cryptocurrencies-millennials-internet-google
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

cryptocurrencies-millennials-internet-google
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn
Gráfico sobre a procura da palavra Bitcoin em Google de acordo com a idade de seus usuários. Fonte: Coindance

Embora não ficam claras as causas do motivo da demografia dos interessados em Bitcoin esteja liderada por pessoas do gênero masculino, os interesses da comunidade são bastante específicos. 8,14% dos bitcoiner estão interessados em serviços de inversão; um 3,72% em aspetos relacionados com Bitcoin e um 2,14% em serviço de citas, entre outros.

Por outro lado, a afinidade das pessoas que realizam procuras relacionadas com Bitcoin se decanta, além da inversão (7,29%), em direção à tecnologia (6,98%). Um 6,64% deles são aficionados á fotografia e um 3,91% deles se interessa pela política.

Adicionalmente, as estadísticas da Coindance indicam que o interesse massivo que teve por Bitcoin no último trimestre do ano passado tem afetado enormemente para setembro de 2018. Não obstante, as procuras relacionadas com a palavra “Blockchain” se têm mantido relativamente altas, se fossem comparadas com as realizadas em relação com a criptomoeda mãe.

 

Imagem destacada por: Gajus / stock.adobe.com

Traduzido de: CriptoNoticias