Durante a semana do 8 ao 14 de julho, o preço de bitcoin (BTC) chegou a superar os USD 13.000. No entanto, logo de atingir o bico de USD 13.109 o passado 10 de julho, o preço começou a descer nos seguintes dias. No momento da redação desta nota é cotado ao redor dos USD 10.300. Vários analistas asseguram que estes movimentos são influenciados pelas declarações sobre bitcoin de Donald Trump. Isso não tem detido aos países como Colômbia, onde se estão reiniciando operações de casas de câmbio de criptomoedas para pesos.

Com CriptoNoticias, os latino-americanos podem manter-se em dia sobre as mudanças nos preços do mercado de Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash e Litecoin em relação com a sua moeda local. Com só visitar a seção de Mercado Latino, terão acesso a uma calculadora de preços para realizar conversões de forma rápida e singela.

No resumo das notícias sobre criptomoedas desta semana, destacaram as informações ligadas aos planos de Facebook, que têm tido repercussões na China. Por sua vez, o presidente de EUA, Donald Trump, manifestou sua rejeição tanto a Libra como o Bitcoin. Igualmente, na decorrência destes sete dias também se informou sobre o reinicio de operações de uma casa de câmbio em Colômbia e o aumento da dificuldade de mineração de Bitcoin.

Estas são as notícias mais destacadas:

  • Os planos de Facebook de criar sua própria moeda digital Libra, têm forçado ao Banco Central de China a intensificar a investigação para criar sua própria moeda digital, já que Libra poderia supor um desafio para os pagamentos transfronteiriços na China, a política monetária e inclusive a soberania financeira, conforme disse um funcionário público do Banco Popular de China.
  • Numa entrevista exclusiva para o podcast de CriptoNoticias, Em Consenso, Arley Lozano, CEO de Panda Exchange, confirmou que para este 15 de julho se reabrirão os serviços em Colômbia. A plataforma oferece aos usuários a capacidade de comprar ou vender com pesos mais de 113 criptomoedas, entre elas bitcoin (BTC), bitcoin cash (BCH), Dai e DASH.
  • A dificuldade na mineração de Bitcoin marcou seu maior crescimento num período de duas semanas, em 12 meses. De acordo com informação de BTC.com, a dificuldade da mineração de Bitcoin alcançou os 9,06 bilhões à altura do bloco 584.640 ao redor das 9:17 UTC em 9 de julho, superando por 14,23% o recorde anterior de 7,93 bilhões.
  • Um cidadão chamado Donald Berdeaux apresentou uma nova demanda contra OneCoin depois de ter investido mais de USD 755.000 entre agosto de 2015 e maio de 2016. Até agora Berdeaux não tem recebido nem um centavo do rendimento oferecido pelos promotores do projeto. O recurso legal foi apresentado perante uma corte de Manhattan, no estado de Nova York.
  • Um mineiro de Bitcoin tentou adicionar um bloco ao blockchain que acrescentava 0,77 BTC extra ao limite máximo de recompensa de bloco, de 12,5 bitcoins a cada 10 minutos. No entanto, não teve sucesso, graças à influência de nós completos de Bitcoin que rejeitaram o bloco, ao não cumprir com as regras da rede.

Também:

  • O presidente da Associação Bancária e de Entidades Financeiras de Colômbia (Asobancaria), Santiago Castro, afirmou que as criptomoedas facilitam as ações delitivas que se realizam com narcotráfico, lavado de dinheiro e terrorismo. Por isso, vê pouco conveniente a regulação deste tipo de ativos no país andino.
  • O presidente de Estados Unidos, Donald Trump, atacou ao Bitcoin e a Libra, a criptomoeda de Facebook, através de sua conta de Twitter. Para ele, a primeira é volátil e seu valor está baseado no ar. Também pensa que Facebook, e as demais empresas que apoiam o projeto, procuram tornar-se num banco. Não obstante, durante seu depoimento perante o Comité da Banca do Senado de EE.UU., o Presidente da Reserva Federal, Jerome Powell, afirmou que bitcoin se utiliza como alternativa ao ouro, acrescentando que é como uma reserva de valor especulativa.

Se você quiser saber o significado de várias palavras da terminologia do criptomundo, você pode consultá-las no extenso Glossário de CriptoNoticias.

AML (Anti-lavagem de dinheiro): sigla para «Anti-Money Laundering», que se refere ao quadro legal criado pelos governos de cada país para combater a lavagem de dinheiro. Nos últimos anos, as autoridades tentaram adaptar essas políticas à atividade comercial de criptomoedas.

CriptoTuto da semana

Uma das plataformas mais usadas para o intercâmbio de ETH é LocalEthereum, um site de intercâmbio P2P (pessoa a pessoa) com presença em mais de 100 países. Em LocalEthereum o intercâmbio efetua-se por meio de contratos inteligentes. O seguinte tutorial explica, passo a passo, como registrar-se no portal e como utilizar os dois mecanismos através os quais se pode começar a realizar transações na plataforma: publicando um anúncio ou realizando uma compra direta a algum vendedor.

Traduzido de: CriptoNoticias