Este 16 de janeiro a companhia desenvolvedora de soluções com tecnología blockchain, Blockstream, lançou Lightning Charge e Blockstream Store, um sistema de micropagamentos baseado em c-lightning e uma loja para prová-lo, respetivamente. Ambos em fase de provas.

Estas tecnologias se poderão ligar através de WooCommerce Lightning Gateway, lançado junto às mesmas como a nova triada de Elements Project, o núcleo de desenvolvimento de software de Blockstream. Com o código aberto de Lightning Charge, qualquer poderá desenvolver sistemas de micropagamentos de bitcoin fazendo uso da implementação c-lightning, aplicação de código aberto do protocolo Lightning Network. Assim o afirmou o CEO e fundador de Blockstream, Adam Back, através da rede social Twitter.

Adicionalmente, no anúncio pendurado na web oficial de Blockstream especificaram o que consiste e o que representa para os desenvolvedores web:

Lightning Charge é um sistema de processamento de micropagamentos escrito em node.js. Expõe a funcionalidade de c-lightning através de sua API REST, à que se pode aceder através das bibliotecas de JavaScript e PHP, que também se publicaram através de Elements Project. Os desenvolvedores web poderão trabalhar com c-lightning através de suas técnicas de programação normais e também obterão funcionalidades ampliadas como conversão de moeda, metadados de fatura, actualizações de pagamentos em transmissão e webhooks. Juntos, estas incorporações facilitam aos desenvolvedores o uso de c-lightning para criar suas próprias infraestruturas de pagamento web independentes.

Blockstream

Convém destacar que c-lightning é uma implementação predefinida do protocolo Lightning que foi lançado por Blockstream para facilitar a criação de aplicações desta tecnologia para Bitcoin. “Temos visto o trabalho árduo requerido para integrar-se com as companhias de cartões de crédito e com os sistemas de pagamento em linha existentes e queremos que seja mais fácil que nunca aceitar pagamentos através de Lightning” apontou a equipa no comunicado oficial.

O aplicação de Lightning Charge, permitirá que usuários de Bitcoin possam experimentar o protocolo Lightning ao realizar compras na Blockstream Store, uma loja online que oferece produtos reais como camisas e adesivos.

overview-blockstreamstore
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

overview-blockstreamstore
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn
Blockstream Store. Fonte: https://blockstream.com

Blockstream Store foi lançada com fins de demonstração e prova do mencionado sistema de micropagamentos, o qual se encontra em fase experimental, caraterística que foi ressaltada pelos desenvolvedores para que os usuários tomem suas precauções: “Toda a Lightning Network ainda se encontra numa etapa de prova, com erros conhecidos e desconhecidos, por isso se deve utilizar a Loja com cuidado, sob seu próprio risco”, apontaram.

Os usuários que queiram provar esta tecnologia poderão fazer micropagamentos desde a plataforma principal de Bitcoin. Desta maneira essas aplicações, em fase de provas, representam uma experiência do que se está preparando para a blockchain mãe: Lightning Network (LN). Eis aí uma das mais valiosas razões para implementar SegWit, já que este último é necessário para sua implantação eficiente na rede.

Lembremos que já tem sido lançada a versão beta de Lightning Network, também já se realizou o primeiro intercâmbio de BTC e LTC fazendo uso da mesma entre as redes de prova de Bitcoin e Litecoin. Entretanto, recentemente a equipe de desenvolvedores anunciou que já estava disponível a opção de intercâmbios de outras criptomoedas como bcash, ether e dash.

Anteriormente Blockstream tinha efetuado uma prova, junto com as outras duas equipes desenvolvedores de LN, ACINQ e Lightning Labs, para pagar em lojas de café falsas desde a rede principal de Bitcoin e por outra parte. Bitrefill realizou um pagamento de renda telefónica com esta tecnologia. Apesar das circunstâncias atuais de congestionamento na principal blockchain, os trabalhos dos desenvolvedores para seu crescimento contínuo são alentadores para os bitcoiners.

 

 

Traduzido de: CriptoNoticias