Os analistas Mitch Steves e Amit Daryanani da unidade de Mercado de Capitais do Royal Bank de Canadá estimaram que o valor total do mercado de criptomoedas pode chegar a 10 bilhões de dólares.

A entusiasta apreciação de Steves e Daryanani sai a brilhar justamente no meio do recente aumento das criptomoedas nos últimos dias. O valor total de capitalização do criptomercado tem superado os 760 mil milhões de dólares. Mas faz um ano, mal superava os 17 bilhões.

Os analistas de RBC consideraram que há um potencial enorme para as criptomoedas em longo prazo, mas não deram uma faixa de datas para o cumprimento de sua apreciação. Indicaram que resulta difícil realizar algum tipo de predição em relação com o preço em curto prazo, mas acrescentaram: “Pensamos que as criptomoedas chegaram para manter-se e muito provavelmente se constituam num mercado mais amplo (nosso estimado em longo prazo para o espaço das criptomoedas está no nível dos 10 bilhões de dólares em comparação com os 500 bilhões da atualidade)” salientaram no informe.

Em favor da estimação de Steves e Daryananai pode citar-se que as criptomoedas têm ainda um peso insignificante no contexto da economia global. No gráfico seguinte, que foi publicado o 8 de dezembro de 2017 como apoio para sustentar uma opinião negativa sobre o bitcoin, a capitalização de mercado deste no momento era de 0,24 bilhões de dólares e hoje seria de 0,26 bilhões de dólares.

 

Trillones-Mkt
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Trillones-Mkt
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn
Capitalização de mercado de bitcoin continua sendo pequena na economia global. Fonte: Capital Economics.

Se incluísse nesse gráfico o valor total das criptomoedas, ainda estaríamos por embaixo do bilhão de dólares (0,76 bilhões de dólares). Fica então um espaço enorme para crescer quando se vê que o mercado bolsista de Estados Unidos está próximo aos 27 bilhões de dólares e que uma companhia como Apple está próxima a um bilhão.

Quando se analisa o mercado de criptoativos, uma das tendências que se acentuaram em 2017 foi a diminuição da dominância do bitcoin com respeito ao valor total de capitalização e um crescimento mais vigoroso do resto das moedas, conhecidas como altcoins. Enquanto a criptomoeda bitcoin cresceu um 1.300% em 2017, o valor total do mercado se revalorizou em 3.200%, de acordo às cifras de CoinMarketCap.

Convém destacar que ao início de 2018 o mercado das criptomoedas esteve marcado por uma tendência ascendente de parte das altcoins, onde seis criptoativos do top 20 de capitalização superaram valores históricos, a saber: XRP, ETH, ADA, XLM, XEM e NEO; dando continuidade à perda de dominância de bitcoin no mercado.

Atualmente, segundo CoinMarketCap, as primeiras três posições do mercado a ocupam Bitcoin, que se cota em uns 16.500 dólares, seguido de Ripple (que alcançou essa posição no final de 2017) com um valor levemente superior aos 3 dólares e em terceiro lugar, Ethereum, que superou os 1.000 dólares logo do lançamento da rede de provas de Casper.

 

Traduzido de: CriptoNoticias