A última queda relativa do mercado de criptomoedas ocorreu a partir do passado 5 de maio e embora no final do dia desta quinta-feira se constatou uma tentativa de recuperação, hoje retornou a tendência descendente; enquanto aos porcentagens de perda nas ultimas 24 horas está entre 1% e 5%.

O valor total do mercado de criptomoedas tem tido em 2018 dois valores extremos: seu valor mais alto, de 814 bilhões de dólares alcançado o primeiro de abril. Essa ampla gama de variabilidade se tem reduzido de maneira significativa, pois houve duas recuperações importantes – dentro da tendência descendente – entre os 250 e os 500 bilhões de dólares, com suas respetivas quedas.

25-05_01-1-mercado
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

25-05_01-1-mercado
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn
Valor máximo alcançado pelo mercado de criptomoedas durante o 2018 e sua capitalização atual. Fonte: CoinMarketCap.

As oscilações do mercado mostram ainda um balanço negativo: desde o máximo relativo em 20 de fevereiro deste ano de $510 bilhões aos $330 bilhões do valor do mercado neste momento, há uma perda de valor de 35%. Embora, se tivermos em consideração o descenso desde o máximo de 7 de janeiro, a desvalorização do mercado de criptomoedas é de 59%.

No entanto, ao ampliar a perspectiva, se mostra um panorama que luze muito mais promissor; já que em 25 de maio de 2017, o valor do mercado global de criptomoedas era de apenas 90 bilhões de dólares. Isso implica um crescimento de aproximadamente 250% em tão só um ano, em comparação com seu valor atual.

 

O VENCEDOR E O PERDEDOR DO DIA

O criptoativo que refletiu um melhor desempenho na jornada de hoje foi Zencash (ZEN), o qual foi listado na ultima quarta-feira em Binance, a segunda maior casa de câmbio em escala global. Esse dia subiu sua cotação em 42% com respeito ao dia anterior e passou de $35 para $49 por unidade. Posteriormente descendeu em sua valoração, mas ainda assim mostrou um alça notável de 20% nas ultimas 24 horas.

Por outro lado, Stratis (STRAT), que conseguiu ultrapassar a cotação de 20 dólares – seu máximo histórico – no início de fevereiro, vinha descendendo de maneira consistente. Esta semana se manteve acima dos $5,6 por unidade, mas durante o dia de hoje o STRAT baixou até os $4,8 e mostra assim o pior rendimento do dia (-8,33%), entre as moedas do Top 100, de acordo com CoinMarketCap.

 

Imagem destacada por: Alex / stock.adobe.com

Traduzido de: CriptoNoticias