A partir de 10 de fevereiro, a Deribit, uma casa de câmbio de derivativos de criptomoedas estabelecida em Amsterdã, na Holanda, operará fora desse país e se transferirá a América Central como DBR Panamá Inc., uma subsidiária de total propriedade da plataforma atual de Deribit B.V.

A companhia alegou que a provável adoção de regulamentações na Holanda «muito estritas» contra a lavagem de dinheiro, as quais serão aplicadas ás companhias de criptomoedas, estimulou a viagem transatlântica. «Se a Deribit entra sob essas novas regulamentações, isso significaria que teríamos que exigir uma extensa quantidade de informações a nossos usuários atuais e futuros», assinalou a casa de câmbio numa publicação em seu blog corporativo.

Os rumores referentes à posição da Deribit na Holanda começaram em outubro de 2019, logo que fosse entrevistado o CEO, John Jansen, no podcast Flippening.

Além, ao longo dos últimos meses, várias companhias de criptomoedas holandesas se envolveram numa espécie de encolhe-e-alarga com os reguladores desse país devido à implementação da 5.ª Diretiva Contra a Lavagem de dinheiro da União Europeia (AMLD 5).

Sobre esse tema, a Deribit escreveu o seguinte:

Acreditamos que os mercados das criptomoedas deveriam estar disponíveis gratuitamente para a maioria, e os novos regulamentos colocariam barreiras demasiado altas para a maioria dos comerciantes, tanto regulatórios quanto econômicos. A implementação dessas mudanças afetaria em grande medida á empresa e seus clientes. Portanto, decidimos operar a Plataforma desde Panamá. A equipe e a liderança seguiram sendo as mesmas.

No entanto, surpreendentemente, em 9 de janeiro a casa de câmbio também anunciou novas políticas para cumprir com as normas de  «conheça seu cliente» (KYC por suas siglas em inglês). Os clientes pertencentes aos Estados Unidos ainda são proibidos de entrar para operar nessa plataforma, que não processa moedas fiduciárias.

 

Versão traduzida do artigo de William Foxley, publicado no CoinDesk.
Imagem destacada por Zerophoto/stock.adobe.com
Traduzido de: CriptoNoticias.