A Comissão Valores Mobiliários (SEC) de Estados Unidos publicou a data limite para receber comentários sobre 9 solicitações para criar Fundos Cotados de Investimento (ETF) propostos por Direxion, ProShares e GraniteShares. Nos três casos, a SEC apelou aos solicitantes ou às partes interessadas a consignar novos comentários para avalizar à proposta.

Nas três decisões, a SEC explicou o processo que tem seguido a cada um dos solicitantes, destacando os diferentes lapsos nos que a própria comissão tem decidido adiar sua resolução final. As solicitações de ETF de bitcoin Direxion e GraniteShares foram introduzidas em janeiro de 2018, enquanto a de ProShares se realizou a começos de dezembro de 2017. Os solicitantes tentam ser listados em CBOE ou na NSYE Arca.

Nos três casos, a SEC citou o aplicativo da Regra Prática 431 da Comissão, para fixar um prazo definitivo para a recepção de documentos e comunicações com respeito a estas solicitações:

Portanto, SE ORDENA, de acordo com a Regra de Prática 431 da Comissão, que até o 5 de novembro de 2018, qualquer grupo ou pessoa pode apresentar uma declaração em apoio de, ou em oposição, a ação realizada de conformidade com a autoridade delegada.

Comissão Valores Mobiliários

A SEC tem ordenado que, até tanto não tenha uma decisão final e definitiva, se mantenha a desaprovação das propostas para modificar as regras federais sob as quais têm sido adiadas as decisões sobre os diferentes ETF.

Lembremos que, o passado 20 de setembro, a comissão abriu uma consulta pública sobre uma solicitação de ETF de bitcoin apresentada por Cboe Global Markets no final de julho. Esta petição foi feita em associação com VanEck Investment e SolidX e tem gerado expectativa na comunidade.

Assim, a comissão encarregada de avaliar a proposta solicitará às pessoas interessadas que apresentem por escrito seus pontos de vista, dados e argumentos com respeito a uma série de dúvidas e perguntas que têm surgido nos debates sobre o tema. Os pontos de maior interesse são as políticas de controle de risco, de luta contra a lavagem de dinheiro e o financiamento do terrorismo e de segurança do investidor e os fundos investidos.

 

Imagem destacada de Sergey Nivens / stock.adobe.com

Traduzido de: CriptoNoticias