O plano da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma da China (NDRC) para classificar a mineração de Bitcoin como uma indústria que seria eliminada gradualmente do país mudou, mais de seis meses após a agência ter proposto a medida.

A comissão, uma agência de planejamento econômico de alto nível adscrito ao Conselho de Estado da China, publicou nesta quarta-feira um novo documento intitulado Catálogo para a Reestruturação das Indústrias reitoras, que entrará em vigor a partir de 01 de janeiro, 2020.

Na versão final, que substituirá as normativas em vigor de 2011, a agência removeu a mineração de bitcoin ou outras atividades relacionadas do catálogo de indústrias que devem ser eliminadas da China. A descrição de criptomoedas ou mineração Bitcoin não é localiza nas categorias consideradas.

Formalmente estabelecido em 1998, a NDRC é agora um dos 26 departamentos governamentais que no conjunto formam o Conselho de Estado da China. O principal papel da CNDR concentra-se no estudo e elaboração de estratégias e políticas de reforma econômica que se executarão nos governos locais.

A CNDR publicou pela primeira vez seu catálogo de reformas da indústria em 2005, agrupando os setores industriais em três tipos: aqueles que a agência aconselha ao país a incentivar, restringir ou eliminar.

O rascunho inicial da última atualização do catálogo foi lançado em abril deste ano, que classificou “mineração de moeda virtual (sic), como o processo de produção de bitcoin” na categoria que reúne as indústrias que poderiam ser eliminadas, recomendando aos governos locais que considerarão a medida para eliminar a mineração do Bitcoin, que se estima que representa metade do poder hash global do Bitcoin.

A medida foi divulgada no momento por muitos meios de comunicação como um sinal de que a China planejava proibir a mineração do Bitcoin, embora a política em si não significasse automaticamente uma proibição.

A revisão do rascunho do plano ocorre após um período de consulta pública de vários meses.

Durante uma conferência de imprensa da NDRC na quarta-feira, os funcionários disseram que desde a publicação do rascunho inicial, a agência recebeu mais de 2.500 sugestões sobre vários temas, a maioria dos quais foram levados em consideração, embora o funcionários não fizeram comentários sobre quaisquer sugestão particular relacionada com a mineração de bitcoin.

 

Versão traduzida do artigo escrito por Wolfie Zhao, publicado pela CoinDesk.
Imagem destacada por Maxim_Kazmin/stock.adobe.com
Traduzido de: CriptoNoticias