A Everis, uma multinacional de soluções empresariais, anunciou no dia 4 de Fevereiro uma aliança com a startup de serviços financeiros Bitex, que permitirá oferecer aos seus clientes um serviço que utiliza bitcoin para pagamentos transfronteiriços. O acordo destina-se a instituições financeiras que buscam uma alternativa regional à rede SWIFT para oferecer maior competitividade no mercado das transferências para outros países.

Um comunicado de imprensa compartilhado no portal oficial da Everis destaca que sua aliança com Bitex para processar pagamentos internacionais baseados em blockchain está cobrando relevância atualmente perante a demanda que exigem novos modelos de negócios como o comércio eletrônico, B2B ou envio de remessas, sobretudo neste ultimo ramo, perante o incremento dos índices de migrantes em todo o mundo. Apenas no México, o montante das remessas que enviaram os nacionais para suas famílias, principalmente nos Estados Unidos, superaram os USD 36.000 milhões em 2019.

A Blockchain se tornou num foco de interesse como uma tecnologia promissora que oferece serviços financeiros abertos, dado que permite alta fiabilidade e rapidez nas transações financeiras. Desta forma, levamos a inovação a vários processos, reduzindo custos e gerando imediatismo nas transações. A partir desta aliança estamos dando um uso concreto ao blockchain, conseguindo que essa tecnologia deixe de ser percebida como algo intangível. Agora vamos ver concretamente o benefício que traz nas transações financeiras com um benefício claro.

Pedro Capó, Diretor Bancário da Everis Chile.

A Everis, que faz parte do grupo NTT Data Company com sede em Tóquio, tem presença no Uruguai, Bélgica, EUA, México, Polônia, Portugal, Reino Unido, Luxemburgo, Panamá, Chile, Brasil, Espanha, Peru, Colômbia e Argentina. Ela implementa o software EPR (enterprise resource planning ou sistema de planejamento de recursos empresariais), IoT e blockchain para a transformação digital das empresas.

O acordo assinado entre a Bitex e a Everis aponta para instituições financeiras que estão constantemente em busca de possibilidades tecnológicas, com o objetivo de criar novas oportunidades nos negócios e, ao mesmo tempo, entregar valor aos seus clientes.

Eduardo del Pino, CEO da Bitex.

Em meados de Janeiro a Everis apresentou o “everis bank”, um espaço que tem como objetivo dar às instituições financeiras a possibilidade de entender e experimentar as novas tendências que estão a impulsionar a transformação digital do setor. Para isso, analisam as vantagens oferecidas pelas tecnologias inovadoras, bem como a oferta de startups e empresas FinTech. Além disso, combinam diferentes tecnologias como a visão cognitiva, o reconhecimento de emoções, a biometria, a interfaces de voz, a realidade sintética e a inteligência artificial.

Entretanto, as remessas estão no foco da Bitex, que em agosto passado fez parceria com o provedor de serviços bancários Bantotal, que trabalha com mais de 60 instituições financeiras diferentes em 14 países, para oferecer pagamentos transfronteiriços com visibilidade na cadeia de blocos de Bitcoin.

Além disso, a Bitex oferece desde 2018 um serviço de intercâmbio de bitcoins por dólares e pesos argentinos, no qual permite aos seus usuários recarregar saldos em pesos ou dólares em suas contas, para de adquirir bitcoins. Esta startup, focada em fornecer serviços financeiros sobre a blockchain de bitcoin, também oferece um Programa de Partners (ou parceiros) que visa representantes comerciais, integradores de tecnologia e comunidades.

 

Imagem destacada por domoskanonos/stock.adobe.com
Traduzido de: CriptoNoticias